• Vilmar Bueno, o ESPETO

Antecipação do recesso é uma questão de saúde



São Bento do Sul


A partir de hoje 11 mil alunos entram em férias antecipadas até o dia 19.


A Prefeitura de São Bento do Sul, por meio da Secretaria de Educação e do Conselho Municipal de Educação, decidiram antecipar o recesso escolar do mês de julho para o mês de abril, para os mais de 11 mil alunos e servidores da rede municipal de ensino. O recesso escolar inicia nesta segunda-feira (5), com retorno às salas de aula no dia 19 de abril.

Segundo o secretário de Educação, Josias Terres, a decisão pela antecipação do recesso escolar aos alunos da rede municipal está diretamente ligada à questão de saúde de todos, pois nos últimos dias houve aumento significativo de casos suspeitos e confirmados de Covid-19, inclusive com diversos óbitos sendo registrados no município.

Conforme levantamento da secretaria, em apenas 15 dias foram contabilizados 354 registros de casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 relacionados a servidores, estudantes e familiares. "Importante destacar que esses registros são os casos que tomamos conhecimento, podendo ainda, haver omissões por parte de algumas famílias que procuram ajuda médica e não informam as escolas, ou então cumprem isolamento sem informar as escolas", explica o secretário.

Ele ainda cita que existem casos de pais que enviam os filhos às escolas mesmo com suspeita ou confirmação de Covid-19 por parte de algum familiar, o que é considerado crime.

Josias destaca ainda, que as unidades educacionais são ambientes seguros com todos os cuidados sendo adotados. "No entanto, podemos garantir essas medidas apenas dentro do ambiente escolar, mas passando do portão para fora da escola a realidade já é totalmente outra. Por isso, precisamos da conscientização de todos os munícipes, para que as atitudes contra a Covid-19 ocorram em todos os locais, partindo das ações de cada um em prol do benefício da coletividade", destaca.

O secretário explica que o recesso escolar ocorre entre os dias 5 e 15 de abril, e como dia 16 é feriado, os estudantes retornam às salas de aula somente no dia 19 de abril. "Enfatizamos a todos que esse recesso já estava previsto no calendário escolar de 2021 para o mês de julho, assim como é previsto em todos os anos. Não trata-se de algo que vai além do calendário escolar, mas sim da antecipação para o mês de abril, devido ao número expressivo de casos suspeitos e confirmados registrados com relação ao ambiente escolar (estudantes, servidores e familiares destes)", reforça.

Josias ainda lembra que a aprovação da alteração do calendário escolar teve o aval do Comitê de Crise da Covid-19, em reunião realizada no dia 25 de março, bem como aprovação pelo Conselho Municipal de Educação, em reunião extraordinária realizada no dia 29 de março. "Todos entenderam o propósito da antecipação do recesso escolar nesses dias para minimizar o fluxo de circulação de pessoas no município, considerando um número aproximado de 11 mil pessoas somente da rede municipal de ensino. Contamos com a colaboração de todos, e acreditamos que realmente esse período de recesso escolar sirva para contribuir com a diminuição do fluxo de pessoas e consequentemente dos casos suspeitos e confirmados de Covid-19", disse.

Sem prejuízos – O secretário reforça que a parada não vai afetar a aprendizagem dos estudantes, pois o cronograma de 800 horas/aula e os 200 dias letivos estão garantidos. "Precisamos, sim, tomar medidas que auxiliem o município no enfrentamento da pandemia, não só no ambiente escolar mas em todos. Não podemos ver o número de casos aumentando, mortes acontecendo, pessoas adoecendo e não agirmos, sendo que há possibilidade dessa antecipação do recesso escolar", disse.

Educação infantil – Nesta quinta-feira (1), durante a reunião do Comitê de Crise Covid-19, foi tratado sobre o possível retorno dos alunos dos Centros de Educação Infantil (CEIMs), turmas de Maternal I e II, ficando definido que no dia 15 de abril, o comitê vai analisar a possibilidade desse retorno ou não. Essa decisão vai ser avaliada conforme o número de casos que o município apresentar após o feriado de Páscoa e também, com base no mapa de risco da nossa região.

“Reforçamos que essa informação é para os CEIMs turmas Maternal I e II, que estávamos prevendo o retorno no dia 19 de abril. As demais turmas (Pré-escola, ensino fundamental I e II) retornam normalmente no dia 19 de abril, após o recesso escolar. Para as turmas de berçários ainda não há previsão de retorno, devido ser um público muito mais vulnerável”, explicou Josias.

Tecnologia - A Secretaria Municipal de Educação está trabalhando para implantação de 100 salas de aula on-line, onde o professor poderá transmitir ao vivo suas aulas para os alunos que não estão no momento presencial. Esse procedimento se aplica também para os alunos que estão no tempo casa. "Essas salas virão acompanhadas de uma câmera, computador, TV e sistema Google Classroom e transmissões via Meet, onde serão transmitidas aulas para alunos daquela determinada turma. Dessa forma, garantimos 100% dos conteúdos sendo no tempo casa ou no tempo escola (híbrido e on-line)", comentou Josias.

Nas próximas semanas iniciam as gravações das 6 mil aulas que ficarão à disposição de toda a rede municipal de ensino, como suporte para professores e alunos. "Registramos ainda que o portal Educamais já está em funcionamento com os conteúdos e atividades que estão sendo ofertados para todos os estudantes. Criamos uma estrutura totalmente inovadora para melhor atender os estudantes que optaram pela modalidade on-line", destaca o secretário.

Ele ainda cita que a Secretaria de Educação já planeja a criação de materiais didáticos e de apoio aos professores exclusivos para educação municipal. "No decorrer dos próximos anos conseguiremos uma economia significativa quanto à aquisição desses materiais didáticos (físicos e digitais)", destaca.

Últimos registros relacionados aos casos suspeitos e confirmados da Covid-19 na rede municipal de ensino: Dos dias 15 a 25 de março - 235 registros; Sexta-feira dia 26/03 – 52 registros; Segunda-feira 29/03 – 14 registros; terça-feira 30/03 – 20 registros; quarta-feira 31/03 – 33 registros.

Viviane de Vargas Miranda

-- Assessoria de Comunicação Prefeitura de São Bento do Sul