• Vilmar Bueno, o ESPETO

Acisbs em encontro com o embaixador do Bahrein



Florianópolis

Coordenador do Núcleo de Comércio Exterior representou a entidade


Na última sexta-feira (6), o coordenador do Núcleo de Comércio Exterior da Associação Empresarial de São Bento do Sul (Acisbs), Jonathan Linzmeyer, participou de um encontro com o embaixador do Reino do Bahrein, S.E Bader Al-Helaibi. O evento foi realizado na sede da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) e contou com a presença de diversas autoridades, como o cônsul honorário da Indonésia, e líderes das associações empresariais de diversos municípios catarinenses.


Conforme divulgado pela Facisc, a ocasião se deu através de uma sugestão da deputada federal Caroline de Toni, com o intuito de fortalecer os laços comerciais do estado catarinense com o Bahrein. Ela disse acreditar na vocação de Santa Catarina para o comércio exterior. “O Brasil abriu as portas do agronegócio nos últimos anos para mais de 200 países”, destacou a parlamentar.


O coordenador do Núcleo de Comércio Exterior da Acisbs relatou que teve uma boa impressão deste contato inicial entre os dois polos de negócio. “Foi uma oportunidade ímpar para, nesse início de trabalho do Núcleo, gerarmos novos contatos. Tanto para exportações ao Bahrein, quanto na captação de investidores do país aqui em nossa região, pois o embaixador apresentou uma relação de produtos que interessam aos empresários de lá”, comentou Jonathan.


Já o embaixador salientou que o encontro mostrou o que Santa Catarina pode levar para o Bahrein e vice-versa, destacando-se que o estado é o que mais importa o alumínio produzido pelo Bahrein. O embaixador disse que a área de investimento em infraestrutura pode ser o início da parceria entre os dois países. “Aqui é o começo de muitas parcerias que vamos fortalecer”. O embaixador sugeriu que uma delegação do Brasil visite o Bahrein.


INTERCÂMBIO


A reunião ainda foi importante para se comparar e avaliar aspectos e particularidades dos dois países. “O Bahrein é um reino que tem uma questão muito diferente, pois não há taxação de imposto, o que representa um lucro maximizado para investidores estrangeiros. Outro fator discutido foi a política econômica brasileira perante ao Bahrein, que atinge atualmente mais de R$ 2 bilhões em transações”, finalizou o coordenador, que celebrou ainda a receptividade da Embaixada com o mercado catarinense.


PARTICIPE DO NÚCLEO


Jonathan convida os empresários e profissionais da área de Comércio Exterior que desejem saber mais sobre as oportunidades de negócios com o Bahrein, e tantas outras que se abrem a partir do Núcleo, para participarem das reuniões. O e-mail de contato é jonathan@cncomex.com.br. "Todos são bem-vindos a ampliarem sua rede de contatos e a visão do dinâmico mercado internacional aqui conosco", concluiu.

Fotos/divulgação: Núcleo de Comércio Exterior esteve representado no evento.