top of page
  • Foto do escritorVilmar Bueno, o ESPETO

1° bimestre do ano registra 20,6 mil novos empregos na indústria de SC



Estado

A indústria de Santa Catarina abriu 20.587 novas vagas em janeiro e fevereiro deste ano, sendo o setor com maior saldo de empregos formais no período. Na economia, o estado acumulou saldo de 36.206 postos formais de trabalho, ocupando a segunda colocação no ranking das unidades federativas, atrás apenas de São Paulo. Os dados do Ministério do Trabalho e Emprego foram analisados pelo Observatório FIESC. “Santa Catarina tem na indústria seu grande vetor de desenvolvimento e o bom resultado na geração de empregos está atrelado à diversidade produtiva catarinense, com elevada competitividade e integração internacional”, afirma o presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar. Em fevereiro, a indústria registrou 7.414 novos postos de trabalho. Entre os setores, o principal destaque é o de têxtil, confecção, couro e calçados, com 1.584 novas vagas, seguido pela construção, com 1.550, e alimentos e bebidas, com 913 novos postos de trabalho. “A abertura de vagas nos dois primeiros meses de 2023 significa a recuperação parcial das perdas ocorridas no final de 2022. Apesar da desaceleração da atividade econômica em âmbito nacional, a indústria catarinense tem demonstrado resiliência na geração de empregos”, destaca o economista do Observatório FIESC, Marcelo de Albuquerque.

Comments


bottom of page